GEPDC INICIA AS ATIVIDADE DE 2022


O Grupo de Estudos e Pesquisas em Direitos Culturais (GEPDC), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Direito Constitucional da Universidade de Fortaleza elegeu para o ano de 2022 o tema “O AGIR DEMOCRÁTICO NO ÂMBITO DOS DIREITOS CULTURAIS”.
Para inaugurar as atividades do semestre, o GEPDC, que é liderado pelo professor Humberto Cunha convidou o Jurista Sergio Suiama a proferir uma palestra na qual será abordada a temática “Patrimônio Cultural e Destombamento: aspectos jurídicos”.
O convidado é Procurador da República desde 2002, lotado desde 2014 no ofício do meio ambiente e patrimônio cultural da Procuradoria da República no Estado do Rio de Janeiro, onde exerce também a função de Procurador Regional dos Direitos do Cidadão. Graduado em direito pela Universidade de São Paulo (1994), tem mestrado em direito (LL.M) pela Universidade de Columbia, em Nova York (2010), e em Patrimônio Mundial e Políticas Culturais para o Desenvolvimento, pela Universidade de Turim (2020).
A palestra será antecedida de 3 importantes atividades instrumentais ao funcionamento do Grupo, a saber:

  • Apresentação do novo site do GEPDC, por Vitor Studart;
  • Lançamento do Anais do X Encontro Internacional de Direitos Culturais, por Mateus Rodrigues Lins;
  • Lançamento do Edital para o ingresso de novos estudantes, por Allan Magalhães.

O evento ocorrerá a partir das 18 horas do dia 23/02/2022, e os interessados devem pedir acesso pelo link: https://meet.google.com/xmp-eqvs-end

Observatório da Diversidade Cultural lança livro sobre Convenção e PNC


O Observatório da Diversidade Cultural lança o livro “Diversidade, sustentabilidade e políticas: o Plano Nacional de Cultura do Brasil e a Convenção da Diversidade Cultural” em formato e-book (clique sobre o nome do livro para fazer o download).

O trabalho é resultado da parceria do grupo de pesquisa do Observatório da Diversidade Cultural (ODC) com o Centro de Pesquisa e Formação do SESC São Paulo e a Representação da UNESCO no Brasil, e traz as análises de 11 pesquisadores brasileiros sobre as relações entre políticas culturais, diversidade e sustentabilidade.

Veja mais